top of page

Carnaval: destinos brasileiros preparados para a folia em 2024


Viva o carnaval brasileiro.


O carnaval no Brasil é mais do que uma festa; é um evento que impulsiona o setor de turismo e a economia como um todo. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima um impacto positivo de R$ 9 bilhões no faturamento do setor, 10% a mais que no ano passado. Nessa perspectiva, as cidades estão se preparando para receber um grande número de turistas. Veja as estratégias adotadas por destinos populares, como Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador, para garantir o sucesso do carnaval.


1. Rio de Janeiro: tecnologia a favor


O carnaval do Rio de Janeiro, reconhecido mundialmente, está sendo planejado com grande antecedência. Para 2024, estão previstos 453 desfiles e dez megablocos, com isso, a cidade espera atrair cerca de 5 milhões de foliões. A segurança, mobilidade e organização estão sendo cuidadosamente planejadas com a colaboração da prefeitura, por meio da Riotur e de várias secretarias municipais. Além disso, a introdução do aplicativo "Blocos do Rio 2024" e um site informativo demonstra a utilização da tecnologia para melhorar a experiência dos foliões.



Carnaval do Rio de Janeiro aposta na tecnologia a seu favor.


2. São Paulo: estímulo ao turismo


Líder nas projeções de faturamento, São Paulo baseia seu sucesso, no ano passado, diretamente ao carnaval de rua. Dados do Observatório de Turismo e Eventos da SPTuris mostram que na última edição do carnaval de rua 462 blocos reuniram 15 milhões de pessoas e movimentaram R$ 2,9 bilhões. Para este ano, os dados apontam que a cidade poderia elevar o número de blocos para 579 blocos, na busca de aumentar o número de visitantes.



Carnaval de rua movimenta a economia de São Paulo


3. Salvador: investimentos em segurança e saúde


Salvador espera atrair cerca de 800 mil turistas e injetar R$ 2 bilhões na economia; a cidade se destaca pelos investimentos em segurança e saúde. Segundo fontes do governo do estado, em 2023, o aeroporto estava preparado para receber voos extras, o que mobilizou equipes de vigilância e limpeza adicionais, além da implantação de um lounge temático no aeroporto, para uma recepção festiva. Investimentos significativos em segurança pública, saúde e proteção social garantiram uma experiência segura e inclusiva para baianos e turistas.



No carnaval da Bahia os investimentos são para segurança pública, saúde e proteção social.


4. Minas Gerais celebra o Carnaval da Inclusão


O carnaval de Minas Gerais emerge como uma celebração de significativa importância econômica e cultural, promovendo o estado como um dos principais destinos carnavalescos do Brasil. O governo estadual, reconhecendo a diversidade de públicos, lançou iniciativas como o “Carnaval da Liberdade” e o “Carnaval da Tranquilidade”, visando uma festa inclusiva e segura. Com previsão de movimentar R$ 1,8 bilhão na economia da criatividade, a expectativa é de um crescimento de 20% em relação ao ano anterior, gerando mais de 50 mil empregos. Ações interinstitucionais, campanhas nacionais inovadoras, destinos de tranquilidade e medidas de conscientização em saúde destacaram-se como pilares desse carnaval, marcando Minas Gerais não apenas pela tradição, mas também pela inovação e inclusividade.



Inclusão e diversidade no carnaval de Minas Gerais.


Expectativas econômicas


As projeções para o setor de alimentos e bebidas durante o carnaval indicam um aumento no faturamento de até 15% em relação ao mesmo período de 2023. A ocupação média de hospedagem em 2024 está estimada em 67,28%, segundo dados da HotéisRio. Salvador, com ocupação potencial de 100%, prevê uma receita turística em torno de R$ 5 bilhões. A expectativa é de que aproximadamente 3 milhões de turistas visitem a cidade durante o período que se estende de dezembro de 2023 a março de 2024.


É notável que as principais cidades brasileiras estão se mobilizando para oferecer uma experiência inesquecível durante o Carnaval de 2024. Desde o uso de tecnologia até investimentos em segurança, saúde e setores-chave como alimentos e bebidas e hotelaria. Essas estratégias buscam garantir uma celebração animada e um impacto econômico positivo.


O uso estratégico de dados emerge como um fator-chave por trás do sucesso desses destinos. Desde a previsão de demanda até a adaptação de estratégias de segurança, são dados precisos que proporcionam uma base sólida para decisões assertivas. Para o próximo carnaval, considerar a coleta e análise de dados pode ser a chave para replicar o êxito desses destinos.


Diante do sucesso e das estratégias brilhantes adotadas por destinos como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Salvador, fica a provocação: para o próximo carnaval, você está pronto para ter dados e insights que permitam replicar o êxito dessas cidades? A preparação desde já pode ser o diferencial a garantir que seu destino seja o próximo a brilhar nessa festa tão grandiosa.


Por Ascom, SPRINT Dados

4 visualizações0 comentário
bottom of page